Essa tem sido a pergunta que mais tenho ouvido desde que me mudei para o Canadá. E a resposta mais rápida e sem rodeios é:

É necessário ter uma permissão de trabalho válida no país!

O que abre obviamente para a próxima pergunta:

E como é que eu consigo isso???

Bom, vamos lá! Para tratar dessa questão, temos de entrar um pouco no processo imigratório. Embora eu não atue como consultora de imigração, meus anos por aqui pesquisando sobre mercado, carreira e trabalho me dão a chance de falar brevemente sobre o assunto.

Os interessados em desenvolver sua carreira por aqui podem conseguir a permissão de trabalho no Canadá basicamente de 3 formas:

 

1) Obtendo a (tão sonhada) residência permanente

O Canadá conta com um processo de imigração chamado Express Entry. Trata-se de um programa que calcula pontos de acordo com educação, nível de inglês, atuação no Canadá dentre outros. Essa aplicação pode ser feita de qualquer lugar do mundo e pode levar algum tempo. Para verificar sua elegibilidade ou mesmo entender um pouco mais sobre esse programa acesse: www.cic.gc.ca/english/immigrate/eligibility.asp

2) Cursando um College

Essa é uma das formas mais rápidas e utilizadas para colocar o “Plano Canada” em ação, mas também a mais cara! Cursando um college público e que atenda a alguns requisitos do governo por aqui, te dá o direito de trabalhar em qualquer empresa “part time” (meio período) e, ao final do curso, poderá trabalhar em período integral pelo mesmo período de estudo.

Caso venha com o cônjuge, ele(a) terá a permissão de trabalho “full time” (período integral) também em qualquer companhia enquanto o cônjuge estuda e após, pelo mesmo período. Este é um incentivo do governo para que a família possa se sustentar durante a estadia no país.

Para se matricular num college, você deve inicialmente ser aceito pela instituição e, então, poderá solicitar seu visto de estudo – o que envolve comprovação financeira, vínculos com o país de origem, exame médico, dentre outras comprovações.

Entenda um pouco mais sobre este processo no link www.cic.gc.ca/english/study/study-how.asp

3)  Visto de trabalho através de uma empresa canadense

Esta sem dúvida é a forma mais buscada e a mais difícil para se trabalhar no Canadá!

Este processo envolve o convite de uma empresa para que trabalhe em sua companhia, e isso lhe oferece temporariamente um “closed work permit”, ou seja, seu visto de trabalho é válido para trabalhar apenas nesta empresa.

Digo que este processo é o mais difícil pois envolve muito tempo, esforço e dinheiro das companhias. É necessário que eles comprovem que não há sequer um profissional com cidadania ou residência permanente que poderia ter os mesmos requisitos que você.

O primeiro passo para conseguir uma oferta de trabalho por aqui é se cadastrando para as vagas do mercado canadense, mostrando no seu perfil, tanto no Linkedin quanto no currículo, quais os seus talentos e porque você é o melhor para aquela posição. Isso exige um esforço na construção e adaptação do currículo e cover letter para cada vaga aplicada, principalmente porque os moldes destes documentos no Canadá são totalmente diferentes dos do Brasil.

Se esta é a sua vontade, “go ahead”. Para mais informações acesse  www.cic.gc.ca/EnGlish/hire/index.asp

 

Não tenho a pretensão de falar de um processo de imigração tão complexo em poucas linhas. O ideal é que você busque as informações disponíveis em sites confiáveis e com consultores de imigração. Minha intenção é apenas informar de forma mais simples sobre como poderá alcancar seu objetivo.

Como sempre digo, o importante em qualquer objetivo é manter o foco, se dedicar, ir atrás e ser persistente! Certamente assim, você poderá chegar onde quiser! E se o Canada é o seu objetivo, conte comigo por aqui para assessorar a sua carreira, falar sobre o mercado de trabalho e elaborar seus materiais de apresentação nos moldes canadenses.