Muita gente quer vir #trabalharnocanada, seja pela experiência de uma #carreirainternacional, seja pelo #sonhocanadense ou mesmo por uma experiência de vida, mas não sabe bem por onde começar!

Na última semana fiz uma série de posts no Instagram (@trabalharnocanada) com passos importantes para que você alcance seus #objetivosdecarreira por aqui!

Passo 1 – Mergulhe no Canadá!

Viva o Canadá antes mesmo de chegar! Saiba sobre as regiões, províncias, curiosidades e o dia-a-dia do país que pretende passar parte da sua vida!

Outro aspecto muito importante é o idioma! Viva o inglês e/ou francês e suas expressões regionais. Estude o máximo que puder, veja filmes que já viu em Português em Inglês/Francês, ouça as músicas que mais gosta lendo as letras e ouça podcasts – ter um bom nível de conhecimento faz toda a diferença para estar por aqui, se sentir parte e ter boas oportunidades de trabalho.

Passo 2 – Planeje a sua vinda

Sim, para trabalhar no Canadá, você precisa de um visto de trabalho!!! Planejar e entender qual os melhores meios para adquirir esse visto é essencial para o sucesso da sua jornada!

O seu tipo de visto definirá por exemplo o quanto de dinheiro você terá de dispor para estar por aqui, inclusive sobre as comprovações para o governo e etc, definir qual o nível de inglês e/ou francês necessário, qual o prazo de permanência no país e por aí vai… Ou seja, aspectos imprescindíveis para que você siga com seu plano Canadá.

Você poderá encontrar todas as informações no www.canada.ca e traçar a melhor estratégia de planejamento de acordo com o seu perfil, ou se precisar de ajuda profissional, fale com um consultor de imigração certificado.

Passo 3 – Entenda o mercado de trabalho

O mercado de trabalho entre Brasil e Canadá tem uma infinidade de diferenças e com esse mundo de possibilidades que a tecnologia nos traz, nós contamos com ótimas ferramentas de pesquisa que podem nos ajudar a entender a dinâmica de recrutamento e seleção, empregabilidade, requisitos, termos técnicos de cada área, remuneração, etc.

 Algumas das minhas recomendações para uma pesquisa efetiva são:

  •  Fale com um profissional experiente em recrutamento e carreira no Canadá, ele poderá te dar uma visão ampla de mercado e isso certamente vai aumentar muito as suas chances de sucesso.
  •  www.canada.ca: Dê um “search” na sua profissão. Veja o que aparece no site oficial do país, principalmente no caso de profissões regulamentadas.
  •  LinkedIn: Busque empresas relacionadas à sua área que estão no Canadá e o que eles buscam em um profissional; veja o que os profissionais que trabalham nessas empresas têm de habilidades, formações, certificações, etc; Faça parte de grupos canadenses (ativamente!); Se conecte com pessoas, aumente seu network, peça dicas, troque experiências (mas não se esqueça de fazer isso com um perfil já super bem estruturado nos moldes canadenses). 
  • Job boards: Por aqui os job boards mais usados para busca de empregos além do Linkedin são indeed, google for jobs e o monster, além de bom conteúdo no jobbank.gc.ca, glassdoor e o workopolis. Antes de pensar em se aplicar para posições, veja o que tem em demanda, analise os requisitos e qualificações da sua área.

Passo 4 – Prepare-se para a sua grande chance!

Claro que se preparar inclui os passos anteriores, mas ter um bom material que te apresente como profissional, faz toda a diferença na hora de alcançar seus objetivos de carreira!

Esses materiais incluem: currículo (resume) , carta de apresentação (cover letter) e perfil no LinkedIn – lembrando que o formato daqui é diferente do usado no Brasil e você precisa tê-los nos moldes canadenses!

As diferenças começam pelo fato de não haver informações pessoais no seu resume – sim, ninguém quer saber sua idade ou se você tem ou não filhos. Outra diferença muito importante e que é a chave para um bom resume é que ele tem de refletir o que você tem como objetivo de carreira e não exatamente tudo o que você fez até aqui. Ou seja, um perfil mais especialista e focado faz muito mais sentido do que um perfil generalista no resume.

Outra questão de 1 milhão de dólares: seu resume TEM de ser customizado para cada posição que você se aplicar! Sim, será praticamente 1 resume para cada posição… Por isso é tão importante ter uma base sólida de resume, com uma profunda pesquisa de mercado na sua área de interesse. Dessa forma, além de economizar muito seu tempo nesta etapa, garantirá sua entrada muito mais rapidamente neste mercado tão competitivo. O mesmo vale para a sua cover letter!

Você está preparado/a?

>>Caso precise de ajuda profissional, conte comigo – Cibelly Zedan, consultora de carreira com mais de 15 anos de atuação em recrutamento e há 4 anos focada em carreira internacional no Canadá. Ficarei feliz em te ajudar nesta jornada! 😉

 Boa sorte!